vspoke entrevista Ju Pazutti

Nós conversamos com a estilista brasileira Juliana Pazutti sobre a vida na Inglaterra durante o lockdown por conta do COVID-19.

Juliana Pazutti é estilista e artista plástica. No Brasil, trabalhou como estilista e diretora criativa de marcas como Carmim e Carola Joakina. Hoje, Juliana mora em Londres e teve suas instalações artísticas exibidas em galerias como Art Number 23 e mostras como Amalgama.

vspoke: Ju, pra ajudar a entender o contexto, conte pra gente um pouco sobre você, sua história.

Juliana Pazutti: Eu costumava viajar muito ao exterior com o trabalho. Sempre passava vergonha com a equipe e com as situações do dia-a-dia nos países que estávamos visitando. 

Conheci a Mel Guarino por uma indicação e uma amiga. Fazíamos aulas duas vezes por semana nos meus horários de almoço. Foi a minha melhor evolução com a língua, pois a Mel tem um jeito muito didático. Porém encerramos nossas aulas devido à mudança dela para o Canadá.

vspoke: Conta pra gente como surgiu essa ideia de morar em Londres?

Ju Pazutti: Me mudei para Londres para fazer um curso de 3 meses em de artes plásticas, inicialmente, e arrumar trabalho na área de moda e arte por aqui.

vspoke: E aqui em Londres você estudou inglês em uma escola de idiomas. Como foi essa experiência de estudar inglês na Inglaterra? O que te surpreendeu?

Ju Pazutti: Eu me arrependo muito de ter vindo para cá sem dominar a língua. Eu não tive mais aulas depois de minhas aulas com a Mel. Somente mais experiências com as viagens de trabalhos. (Porém, sempre a mesma rotina). Quando cheguei aqui tinha muitos amigos brasileiros, o que é bom, pois te faz sentir em casa, mas por outro lado é ruim, pois não te deixa sair da sua zona de conforto. 

Eu era capaz de acompanhar as aulas dos cursos que fiz em moda e arte, mas sentia muita dificuldade de expressar minhas ideias, pois não tinha vocabulário e nem segurança suficiente para isso.

Aqui em Londres, fiz aulas em uma escola de inglês, o que ajudou muito com a gramática e o fato de perder o medo em falar; a tal segurança!!

Photo by Negative Space on Pexels.com

vspoke: Você está em Londres neste momento em que várias fronteiras foram fechadas e voos estão escassos. Como está sendo sua rotina nesse período de quarentena?

Ju Pazutti: Agora estou lidando melhor com o tempo. Assisto muitos filmes, leio livros, faço exercícios físicos e desenho às vezes

vspoke: E o que mudou na forma como você estuda inglês hoje?

Ju Pazutti: Assisto filmes. Quando o filme é americano ou britânico, tenho tentado assistir sem legendas alguma. E quando o filme é francês, italiano ou outro idioma, eu o assisto com legendas em inglês. Leio livros em inglês também, vários ao mesmo tempo. Pois às vezes me canso da mesma história que não desenrola aí mudo para outro. Mas grifo todas as palavras que não sei, procuro a tradução e escrevo no próprio livro.

Aahhhh… aplicativos de dates também tem me ajudado, pois fico treinando o inglês, aprendendo gírias e abreviações nos chats com pessoas diferentes. (mas sem dates hahahaha)


A Juliana compartilhou conosco algumas ótimas dicas de como continuar a praticar inglês em casa. E vocês? Como vocês estão praticando inglês durante a quarentena? Deixe suas dicas e dúvidas nos comentários abaixo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

Create your website with WordPress.com
Get started
%d bloggers like this: